Prefeito José Fernandes apresenta Hospital de Campanha para Assis e municípios vizinhos


  • 17/04/2020 - 15:34 | Atualizado em 22/04/2020 - 09:34

Foto: Departamento de Comunicação

Na manhã desta sexta-feira, 17, o prefeito José Fernandes recebeu vários prefeitos, vice-prefeitos e secretários de saúde da região no ginásio da ADPM, local onde foi instalado o Hospital de Campanha para receber pacientes acometidos com COVID-19. Além de apresentar o Hospital de Campanha, o prefeito José Fernandes anuncia e disponibiliza o espaço para doentes de cidades que integram a DRS, caso necessitem usar o espaço.

No total são 32 leitos, 2 consultórios médicos, 1 sala de estabilização, 1 semi UTI com respiradores, 1 farmácia, além de vários estandes.

O investimento do Hospital de Campanha será conforme se segue: R$ 100 mil para estrutura dos estandes, R$ 300 mil para aquisição de imobiliários e R$ 45 mil para medicamentos e EPIs.

O investimento com recursos humanos será de R$ 300 mil ao mês, sendo que será realizado processo seletivo para contratação de médicos, enfermeiros, auxiliar de enfermagem, farmacêutico, secretária, auxiliar de limpeza e copeiro.

O prefeito José Fernandes ainda comunicou que todos os equipamentos que forem adquiridos para o Hospital de Campanha serão usados no sistema de saúde do Município após a pandemia.

“Assis está preparado no caso do nosso sistema de saúde precisar. Muitos esforços foram unidos para que isso se tornasse realidade. Desde já estamos disponibilizando para as prefeituras da região. Nós somos referência para todas elas e estamos preparados”, comunica o secretário de saúde Adriano Romagnoli.

“A FEMA sempre é parceira quando falamos de saúde, e além de gerenciar o local, nós estamos disponibilizando nossos recursos humanos e muitos equipamentos que usamos em nossos cursos voltados para a área de saúde”, reitera o presidente da instituição Arildo Almeida.

“Assis sai na frente e é modelo nesse enfrentamento tão importante. São recursos específicos para essa situação emergencial que o mundo vive e vamos enfrentar de frente e com pessoas engajadas”, comenta o vice-prefeito de Assis Márcio Veterinário.

O discurso de uma das técnicas, enfermeira doutora Shirlene Pavelqueires, professora da FEMA, deixou claro que Assis fez tudo dentro do proposto e visando a vida das pessoas. “Importante falar que isso aqui não há politicagem. Assis tem sorte em ter pessoas públicas que não tomam decisões pela sua cabeça e sim que ouvem quem é técnico na área, que ouvem o Comitê criado exatamente para isso. Tudo foi feito para melhor atender os pacientes e resguardar quem irá trabalhar aqui”, diz a enfermeira.

 Para o prefeito José Fernandes, esse é momento de fazer tudo dentro da tecnicidade para melhor atender a população. “Como Poder Público nós fizemos a nossa parte. Por Deus, eu espero que nenhum leito desse local precise ser usado e possamos passar por essa pandemia com o melhor cenário possível. Mas,  caso seja preciso usar, ele está aqui para pacientes de Assis e municípios  vizinhos. Tudo que diz respeito ao Hospital de Campanha é resultado de estudo conjunto de técnicos da saúde. Todos os critérios foram amplamente discutidos e nós atendemos porque essas pessoas são as mais capacitadas para definirem o melhor para nossa população e sistema de saúde. Estamos seguindo tudo à risca porque prefiro pecar por excesso de zelo do que por omissão”, pondera o prefeito José Fernandes.

 


Informativo

Cadastre-se e fique por dentro das notícias da Prefeitura de Assis.

Acesse aqui

AssisDigital.com

Conheça o Catálogo de Serviços Digitais. É fácil e prático.

Acesse aqui

Curta