ePrivacy and GPDR Cookie Consent by Cookie Consent

Confira novas medidas do Governo de São Paulo para conter a pandemia


  • 12/03/2021 - 11:15 | Atualizado em 12/03/2021 - 11:17
  • Informação publicada há mais de 90 dias

Foto: Departamento de Comunicação

Em coletiva na quinta-feira, 12, o governador do Estado de São Paulo, João Dória, anunciou novas medidas a serem aplicadas a partir da próxima segunda-feira, 15 e mantidas até o dia 30, em todo o território paulista.

O objetivo é conter a proliferação do novo Coronavírus nessa fase emergencial do Plano São Paulo, com regras mais rígidas para diversas atividades essenciais. 

Escritórios em geral e atividades administrativas - Obrigatoriedade de teletrabalho (home office).

Comércio e material de construção - Proibido o funcionamento e atendimento  presencial, mas ficam liberados os serviços de retirada por clientes com veículo (drive-thru) e entrega na casa do comprador (delivery).

Estabelecimentos comerciais (comércio em geral) - Somente entrega (delivery) e retirada de automóvel (drive-thru), com proibição de retirada de produtos no local.

Repartições de administração pública - Obrigatoriedade de teletrabalho (home office).

Restaurantes, bares e padarias - Somente entrega (delivery) e retirada de automóvel (drive-thru), com proibição de retirada de produtos no local. Mercearias e padarias podem funcionar seguindo as regras de supermercados, com proibição de consumo no local.

Transporte coletivo - Recomendação de escalonamento de horário para os trabalhadores da indústria, serviços e comércio. Os horários de entrada indicados são das 5h às 7h para profissionais da indústria, 7h às 9h para os de serviços e 9h às 11h para os do comércio.

Educação Estadual, Municipal e Privada - Recesso da rede estadual por 15 dias, com recomendação para que escolas municipais e privadas sigam o mesmo procedimento.

Comércio de produtos eletrônicos - Somente entrega (delivery) e retirada de automóvel (drive-thru), com proibição de retirada de produtos no local.

Serviços de tecnologia da informação - Obrigatoriedade de teletrabalho (home office). 

Supermercados - Recomendação de escalonamento de horário para os funcionários utilizarem o transporte público para irem ao trabalho (9h às 11h).

Hotelaria - Proibição de funcionamento de restaurantes, bares e áreas comuns dos hotéis. Alimentação permitida somente nos quartos.

Esportes - Atividades coletivas profissionais e amadoras suspensas.

Telecomunicações - Teletrabalho (home office) obrigatório para funcionários de empresas de telecomunicação.

Atividades religiosas - Proibição de realização de atividades coletivas como missas e cultos, mas permissão para que templos, igrejas e espaços religiosos fiquem abertos para manifestações individuais de fé.

Fonte: ASSESSORIA DE ESTADO


Aplicativo

Atendimento ao Cidadão, 24 horas.

Acesse aqui

Informativo

Receba as notícias da Prefeitura.

Acesse aqui

AssisDigital

Catálogo de Serviços Digitais.

Acesse aqui

Curta