Servidores participam de palestra sobre doação de sangue

A palestra foi promovida pela Estratégia Saúde da Família (ESF) – Vila Glória


  • 20/06/2017 - 11:45 | Atualizado em 20/06/2017 - 11:46

Para estimular a doação de sangue durante todo ano e manter os estoques, que estão em níveis críticos em muitas cidades brasileiras, realiza-se neste mês a Campanha Junho Vermelho, com ações de divulgação e palestras informativas para conscientizar e tirar mitos e dúvidas sobre a doação, os servidores da Secretaria Municipal da Educação participaram nesta-segunda-feira, 19, de palestra educativa sobre o tema.

A proposta para a palestra foi promovida pela Estratégia Saúde da Família (ESF) – Vila Glória. A equipe administrativa e de enfermagem da ESF, com o apoio da Secretaria de Educação convidaram os agentes de saúde que atuam no Hemonúcleo de Assis, Edmar Luís de Oliveira enfermeiro da Santa Casa de Misericórdia de Assis, e Maria Elenice Pinto Soares, assistente social da HRA – Hospital Regional, para palestrarem sobre o tema. 

Durante a palestra foram apresentados dados esclarecedores sobre o processo de doação e destacados que a Campanha tem como meta geral educar a população para que esta faça a doação de maneira espontânea. De acordo com o enfermeiro, a Campanha visa mostrar a importância de a doação tornar-se um hábito contínuo na população. Outras questões também são pautas da Campanha como o aumento da doação do público feminino e das pessoas entre as faixas etárias de 18 a 25 anos e a doação.

Os procedimentos adotados para a coleta como preenchimento dos dados do doador e a veracidade das informações prestadas foram pontuados pelos palestrantes. O enfermeiro também explicou como funciona a parte dos serviços pós-coleta;   manuseio; separação dos compostos sanguíneos, plasma, hemácias, leucócitos e plaquetas; tempo para uso do material e seu armazenamento no Hemocentro de Marília. 

Na sequência foi apresentado pela assistente social do HRA  um vídeo sobre a importância da doação e com a mensagem “A história do Beija Flor”, que faz uma analogia ao esforço do beija-flor para apagar um incêndio na imensidão da floresta, um gesto importante de um animal tão pequeno, com a doação espontânea da população, pois uma bolsa de sangue pode salvar até três pessoas. 

Ao final da palestra, os profissionais do Hemonúcleo destinaram um espaço para o esclarecimento de dúvidas dos servidores sobre as informações apresentadas e outras que foram surgindo na ocasião.

A Campanha Junho Vermelho também acontece no mês de novembro, em esfera nacional. Durante o mês alguns marcos e pontos turísticos receberam iluminação vermelha para pontuar a causa.

Toda pessoa saudável com idade acima de 16 anos, e inferior a 70 anos, que pese de 60 kg, pode ser doador. 

 


Informativo

Cadastre-se e fique por dentro das notícias da Prefeitura de Assis.

Acesse aqui

AssisDigital.com

Conheça o Catálogo de Serviços Digitais. É fácil e prático.

Acesse aqui

Curta