ePrivacy and GPDR Cookie Consent by Cookie Consent

Prefeitura Intensifica Ações no “Agosto Lilás” em Combate à Violência Contra a Mulher

As ações tiveram o objetivo de impulsionar discussões e eventos relacionados às políticas públicas de apoio às mulheres em situações de violência, além de promover iniciativas para aumentar a conscientização da sociedade sobre essa questão.


  • 01/09/2023 - 08:58 | Atualizado em 04/09/2023 - 09:42
  • Informação publicada há 288 dias

Foto: Assessoria SMAS

A Prefeitura Municipal de Assis, por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social, realizou no mês de agosto para enfrentar a violência doméstica e familiar contra as mulheres, a campanha 'Agosto Lilás'. A principal meta da campanha é impulsionar discussões e eventos relacionados às políticas públicas de apoio às mulheres em situações de violência, além de promover iniciativas para aumentar a conscientização da sociedade sobre essa questão.

O mês de agosto foi selecionado para essa campanha por sua conexão com a data de aprovação da Lei 11.340/2006, mais conhecida como Lei 'Maria da Penha', que criminaliza a violência contra a mulher e sugere estratégias para prevenir, enfrentar e punir tal violência. A Lei Maria da Penha - 11.340/2006 - tornou-se um símbolo da luta e combate à violência de gênero, sendo dedicada há mais de trinta anos a combater a violência doméstica e familiar contra a mulher. Ela identifica cinco tipos de violência que podem ocorrer: física, psicológica, moral, sexual e patrimonial.

De acordo com a secretária Municipal da Assistência Social, Vanessa Eugênio, Assis já está ativamente engajada na batalha contra os índices de violência contra a mulher. “O município conta com o SPAM – Serviço de Atendimento e Proteção à Mulher, um projeto colaborativo desenvolvido em conjunto com a rede de apoio. Além disso, a Casa de Acolhimento às mulheres vítimas de violência e seus dependentes desempenha um papel crucial, proporcionando um local de amparo. Paralelamente, a prefeitura está investindo em conscientização da população como uma abordagem preventiva” explica.

Dentro da Casa de Acolhimento, as vítimas têm acesso a uma rede de apoio que oferece suporte psicológico, auxílio na reintegração ao mercado de trabalho, encaminhamentos e mais. É importante ressaltar que Assis é o único município da região que disponibiliza esse serviço essencial à população, o que reflete seu comprometimento com políticas públicas voltadas às mulheres em situação de violência.

A Secretaria Municipal de Assistência Social, representada pela secretária Vanessa Eugênio e pela coordenadora da Casa de Acolhimento à Mulher, Rosângela Garcia, marcou presença em escolas, empresas e Centros de Referência de Assistência Social (CRAS) nos territórios, ministrando palestras e disseminando informações sobre o tema. Escolas como E.E. Antônio José dos Santos Dom, EE Prof° Lea Rosa Melo Andreghe e E.E. Carlos Alberto de Oliveira abriram suas portas para essas palestras, alcançando mais de 500 alunos da rede estadual, com idades entre 12 e 17 anos. Dentre as empresas visitadas, destacam-se a Regional Telhas e o Posto Universitário Petrobras. Além disso, o 2º Encontro do núcleo SPAM contou com a participação da Dra. Raquel Santos, delegada da Delegacia de Defesa da Mulher em Assis (DDM).

Para encerrar a campanha, na última segunda-feira (28), a Secretaria Municipal de Assistência Social promoveu uma Caminhada simbólica na Avenida Rui Barbosa, levando informações sobre o tema para profissionais do comércio e a comunidade em geral. O evento marcou o encerramento de um mês de conscientização e ação em prol da proteção das mulheres contra a violência.

Assis, Cidade em Movimento
ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO PMA/SMAS


Conheça nossos Grupos:
Siga nossas Redes Sociais: | | |

Aplicativo

Atendimento ao Cidadão, 24 horas.

Acesse aqui

Informativo

Receba as notícias da Prefeitura.

Acesse aqui

AssisDigital

Catálogo de Serviços Digitais.

Acesse aqui

Curta