Transporte público urbano tem prazo para atender edital de licitação

A empresa contratada apresentou várias irregularidades


  • 21/02/2017 - 15:27

Mediante relatório apresentado pela Comissão de Transporte Coletivo Urbano, instaurada para apurar as denúncias feitas pelos usuários, e confirmadas algumas irregularidades, a direção da empresa Rápido Turismo tem um prazo de 30 dias para cumprir as normas contidas em edital de licitação.

Em reunião nesta segunda-feira, 20, no Paço Municipal, entre prefeito José Fernandes, vice Márcio Veterinário e representantes do Poder Público e diretoria da Rápido Turismo, ficou determinado que a empresa deve apresentar um plano de trabalho que atenda todas as condições e normas constantes do edital.

A empresa contratada apresentou várias irregularidades no atendimento, dentre elas o não recolhimento do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço dos funcionários, o credenciamento e o fornecimento de cartão aos passageiros isentos de taxas, a aplicação da pesquisa de satisfação junto aos usuários e atrasos na chegada e saída dos ônibus, além de atrasos nos pagamentos de funcionários.


Informativo

Cadastre-se e fique por dentro das notícias da Prefeitura de Assis.

Acesse aqui

AssisDigital.com

Conheça o Catálogo de Serviços Digitais. É fácil e prático.

Acesse aqui

Curta