Prefeitura planeja fazer novo contrato emergencial para transporte coletivo urbano


  • 23/01/2018 - 12:29

A Prefeitura de Assis já se organiza para realizar um contrato emergencial para o transporte coletivo urbano, ainda essa semana, visto a paralização de motoristas ocorrida nesta terça-feira, 23, um novo agravante paralelo aos que não estão sendo cumpridos pela empresa que opera os serviços na cidade.

De acordo com o prefeito José Fernandes membros da Comissão de Fiscalização do Transporte Coletivo Urbano de Assis    apontaram inúmeras irregularidades praticadas pela empresa Rápido Turismo, as quais foram apresentadas aos seus responsáveis solicitando que se fizessem as adequações necessárias. “Não tendo sido feitas as adequações solicitadas, o contrato de operação foi cancelado e já temos um edital pronto para realizarmos nova licitação, mas, enquanto o processo licitatório está em andamento , faremos um contrato emergencial com uma outra empresa para que a população não fique sem o serviço. Amanhã mesmo protocolamos na Câmara o edital da licitação definitiva. Até essa semana tudo será resolvido, então, peço aos usuários que tenham paciência por mais uns dias, pois ainda essa semana outra empresa começa a operar em Assis ”, diz o prefeito.


Informativo

Cadastre-se e fique por dentro das notícias da Prefeitura de Assis.

Acesse aqui

AssisDigital.com

Conheça o Catálogo de Serviços Digitais. É fácil e prático.

Acesse aqui

Curta